Cálculo do kV

O cálculo do kV é obtido tomando-se a espessura do órgão que se deseja radiografar multiplicada por 2 e somada com a constante “C” do equipamento. Nas condições ideais “C” será sempre igual a 20 (vinte).

Espessura X 2 + C = kV

Cálculo do mAs

O cálculo do mAs é obtido a partir do valor kV multiplicado por uma constante denominada “CMR” – Constante Miliamperimétrica Regional.

kV X CMR = mAs

A CMR é atribuída aos diferentes órgãos do corpo humano conforme tabela abaixo:
Tecido CMR
Ossos 1.0
Partes Moles 0.8
Pulmão 0.05

Considerações sobre a constante do equipamento “C” .

A constante “C” de um equipamento radiológico, nas condições previstas na tabela 1.1, será sempre igual à 20 (vinte). Variações da constante “C” são decorrentes de diversos fatores mas, principalmente, da descalibração dos equipamentos radiológicos. A descalibração, condição em que os valores mostrados nos painéis de controle não correspondem à realidade, infelizmente
é uma falha muito comum. A descalibração pode estar relacionada com o kV ,
o mA, o tempo de exposição, etc….
Evita-se a descalibração submetendo-se os equipamentos a controles periódicos de qualidade.
Se na prática ao utilizar-se constante C=20 os resultados não se mostrarem satisfatórios, será necessário calcular a nova constante do equipamento.
Como encontrar a constante “C “ de um equipamento descalibrado, ou que, trabalha com acessórios diferentes do previsto na fórmula da dosagem ?
Neste caso, a determinação do valor da constante “C ” do equipamento, será feito de forma empírica. Para isto recomenda-se: Realizar um exame radiológico simples de um paciente adulto de porte médio.

Exame sugerido: Coluna Lombar Posição: “frente “.
Espessura (ântero-posterior): Entre 23 cm e 27 cm.

Usar um valor de “kV ” igual ao valor do “mAs ” até obtenção de uma imagem de boa qualidade com densidade radiográfica média e contraste adequado.

Exemplo: Paciente de 25 cm de espessura da região lombar.
Exame: Coluna lombar frente.
kV u t i l i z a d o = 75
mAs u t i l i z a d o = 75

Resultado: Satisfatório

Cálculo da Constante deste equipamento:
ESP X 2 + C = 75
25 X 2 + 25 = 75
Ou seja, a constante deste equipamento é de 25.