Angio-TC (Tomografia Computorizada) Coronária

tc artExistem dois tipo de TC Coronária

  1. Score de Cálcio Coronário (também conhecido como Electron Beam Computed Tomography (EBCT) ou Ultra-Fast CT)
  2. Angio-TC Coronária

(Ambos os testes podem ser realizados na mesma sessão)

 

Score de Cálcio Coronário

Este foi o primeiro exame coronário desenvolvido através da Tomografia Computorizada (TC) para rastreio da doença coronária. No exame denominado Score de Cálcio, a TC é utilizada para determinar a quantidade de cálcio existente nas artérias coronárias. Uma TC é um exame radiológico que produz imagens internas dos nossos órgãos numa forma mais detalhada do que o raio X convencional. O raio X convencional usa uma fonte de raio X fixa para focar a radiação numa área particular do corpo, produzindo imagens em dois planos. As TC usam máquinas de raio X, que rodam à volta do corpo, e computadores muito poderosos para criar imagens do interior do nosso corpo em cortes transversais como se fossem fatias.

Os depósitos de cálcio aparecem como zonas brancas brilhantes nos scans. A tecnologia de imagem standard para as artérias coronárias usa a tomografia computorizada de feixes de electrões (EBCT, também conhecida como TC ultra-rápida).

As Angio-TC Coronárias medem a quantidade de cálcio nas paredes das artérias coronárias que alimentam o coração com sangue.

A doença coronária é a forma mais comum de doença cardíaca nas nações industrializadas e é, de longe, a causa mais frequente de ataques cardíacos.

A doença coronária ocorre à medida que as placas de aterosclerose crescem, apertando o lúmen (o interior) das artérias coronárias. Estas placas são constituídas por gordura, colesterol e cálcio. É este cálcio nas placas que a Angio-TC Coronária pode detectar.

Estudos científicos demonstraram que, quanto mais calcificação nós tivermos pior é a doença coronária. Mesmo pequenas quantidades de cálcio nas nossas coronárias são um indicador de doença, podendo ser um precursor de um ataque cardíaco. Para reduzir o risco é necessário que se utilizem medidas agressivas, tais como: dieta mais saudável, reduzir o colesterol e deixar de fumar.

Angio-TC Coronária

Trata-se dum exame muito recente e sofisticado do seu coração, usando a última tecnologia de TC Multicortes (Angio-TC de 64 cortes). Esta máquina possui um tubo de raio X especial e uma velocidade de rotação capaz de executar 3 rotações por segundo. Em cada rotação, são produzidos 64 cortes, dos quais resultam cerca de 194 cortes por segundo. Com esta velocidade é possível “congelar” o movimento do coração a bater e assim obter imagens detalhadas das artérias coronárias e estruturas cardíacas.

Os pacientes que realizem uma Angio-TC Coronária recebem um contraste iodado por injecção endovenosa através de uma veia no braço, para assegurar a obtenção das melhores imagens possíveis. Por vezes, é também necessário administrar um medicamento para diminuir a frequência cardíaca.

Quais as diferenças entre a Angio-TC e os outros exames?

A doença coronária é a causa mais frequente de morte nos países ocidentais.

As artérias coronárias são os condutos através dos quais o sangue, oxigénio e nutrientes são levados ao coração. Quando as artérias coronárias ficam obstruídas, tal é conhecido como doença coronária. Esta é o resultado do depósito gradual de gorduras nas suas artérias. À medida que os depósitos progressivamente obstruem as artérias coronárias, o seu coração recebe menos sangue. Eventualmente, o fluxo sanguíneo diminuído nas suas coronárias pode causar dor no peito (angina), falta de ar, fadiga e outros sintomas. A obstrução completa pode levar a um ataque cardíaco (enfarte do miocárdio).

A doença coronária geralmente desenvolve-se lentamente, muitas vezes sem sintomas, até produzir um ataque cardíaco ou morte súbita. Geralmente, os testes não invasivos usados para rastreio da doença coronária (prova de esforço, ecocardiografia de sobrecarga, cintigrafia miocárdica) só são capazes de detectar bloqueios maiores do que 50% nas artérias coronárias. Em obstruções menores que 50%, o coração é capaz de ajustar o fluxo sanguíneo coronário resultando um teste normal. Contudo, é importante diferenciar entre a ausência de doença (ausência de obstruções) e doença sub-clínica (obstruções menores que 50%), devido à última situação apresentar um risco acrescido de enfarte do miocárdio.

Até recentemente, a única maneira disponível para saber quem possuía uma artéria obstruída era a realização duma coronariografia. Esta constitui ainda o exame padrão para a detecção de doença coronária, mas, por se tratar dum teste invasivo (um cateter é inserido pela virilha), é geralmente reservada para doentes com probabilidade alta de possuírem doença coronária. Com a Angio-TC coronária é possível pela primeira vez visualizar as suas coronárias sem cateteres (teste não-invasivo).

Como é que será o meu exame?

Um técnico de saúde especializado começará por lhe canalizar uma veia, assim como colocar-lhe eléctrodos para monitorização do seu coração. Poderá ser-lhe administrada medicação oral ou endovenosa, para reduzir a frequência cardíaca durante este exame. Ficará deitado numa marquesa especial que o deslocará lentamente para uma abertura circular dentro da Angio-TC. Durante o exame, que geralmente leva cerca de 10 minutos, a equipa médica falará consigo por meio de altifalantes.

A equipa médica realizará um scanning prévio, de forma a determinar a área a ser examinada. Durante o exame ser-lhe-á pedido para suspender a respiração durante uns breves segundos. Da mesma forma, ser-lhe-á administrado um agente de contraste através da veia canalizada. Isto dar-lhe-á uma sensação de calor que durará uns segundos ou um sabor metálico na boca.

É importante que se mantenha quieto durante o exame. Por favor, chegue a tempo ao seu exame (é recomendado chegar com 15 minutos de antecedência) e reserve pelo menos 2 horas para todo o procedimento.

Após o procedimento

Poderá retomar a sua actividade e alimentar-se imediatamente após. Beba muita água, para ajudar a eliminar o contraste administrado do organismo.

Quem irá ler o meu exame?

No Hospital Particular do Algarve (HPA) a equipa que irá ler o seu exame é formada por um radiologista, treinado em TCs, e um cardiologista, treinado na leitura de coronariografias. Nós acreditamos que esta combinação será a que melhor poderá interpretar os resultados do seu exame.

Quem deverá fazer uma Angio-TC?

A Angio-TC tem ajudado a determinar a presença de obstruções significativas de depósitos de cálcio, assim como a presença de placas de gordura nas artérias coronárias. Isto é particularmente útil em pacientes assintomáticos com risco acrescido de doença coronária, em doentes com sintomas atípicos mas com risco coronário baixo, ou em doentes com testes de esforço duvidosos.

O grupo Cardiovascular do Hospital Particular do Algarve recomenda a Angio-TC para as seguintes situações:

  1. Pacientes com risco coronário intermédio-alto (pelo menos um factor de risco, como por exemplo: diabetes, tabagismo, HTA, hipercolestorolémia ou história familiar num homem acima dos 40 anos ou mulher pós-menopausica) e que não possuam sintomas.
  2. Sintomas atípicos de doença coronária (tais como dor torácica não relacionada com esforços) mas com risco coronário baixo ou intermédio.
  3. Testes de esforço ou cintigrafias inconclusivas.
  4. Avaliação do risco coronário antes de cirurgia.
  5. Detecção precoce de doença em bypasses coronários.

Fonte: <http://www.hpalg.com/unlimitpages.asp?id=175> acessado em 10/04/2010.

imagem: http://www.radiologiafinazzo.it/prestazioni/tac-160-strati/angio-tac.html acessado em 28/10/2016 as 11:00

2 comentários em “Angio-TC (Tomografia Computorizada) Coronária

  • 04/10/2011 em 20:32
    Permalink

    Gostaria se possivel saber mas sobre a angio-tc cornaria,como fazer,reconstruções,mpr,etc.

  • 10/05/2013 em 20:17
    Permalink

    Estarei realizando na terca feira este exame e nao posso utilizar iodo injetavel sou alergica e ja tive uma reacao terrivel e vou fazer sem contraste e gostaria de saber se vai vizualizar o score de calcio e se tem placas acumuladas nas arterias o que daria para vizualizar sem o contraste?
    Muito obrigada
    thereza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *