Diagnósticos radiologia oral

Vantagens e desvantagens nas técnicas radiográficas pré-implantes:

Atualmente dispomos de inúmeras técnicas radiográficas para obtenção de imagens na avaliação das condições ósseas pré-implantes.

O cirurgião dentista costuma solicitar as técnicas intrabucais e extrabucais para serviços especializados de radiologia oral, tais exames especiais fornecem subsídios em terceira dimensão que facilitam todos os procedimentos terapêuticos. Dentre eles, podemos citar os métodos de avaliação de altura e espessura óssea para a indicação de implantes osseointegrados.

Pelo fato de esses exames darem a noção da terceira dimensão, os procedimentos cirúrgicos são mais precisos e genericamente menos agressivos e é possível prever a quantidade de tecido ósseo remanescente, assim como visualizar a relação com reparos anatômicos considerados nobres.

Nossa proposta neste artigo é orientar o cirurgião dentista no momento de eleger a técnica radiográfica para seu paciente.

RBRadiografia periapicais: as vantagens deste tipo de radiográfia são principamente a facilidade com que pode ser executada, permite a identificação de reparos anatômicos e patologias localizadas na região, além do seu baixo custo. Por outro lado suas desvantagens são a difícil execução em pacientes desdentados, a pequena área abrangida e o fato de não nos fornecer a “terceira dimensão”.
Escanografias: é uma técnica radiográfica onde usamos o princípio da radiografia panorâmica, no entanto podemos selecionar somente a área de interesse a ser avaliada. Por apresentar uma colimação própria que reduz a radiação secundária durante a exposição, nos fornece um alto contraste e riqueza de detalhes. Esta técnica vem substituindo com vantagens as radiografias periapicais na avaliação de lesões periapicais e periodontais ,bem como, a avaliação do tecido ósseo na região onde planejamos a colocação de implantes. Sua única desvantagem é que ,assim como ,as periapicais não nos fornece a “terceira dimensão”.

RB1Radiografias panorâmicas: esta técnica radiográfica bastante requisitada pelo cirurgião dentista, possui como principais vantagens a possibilidade de uma avaliação geral das condições maxilo-mandibulares, é de fácil execução e baixo custo para o paciente. Mas, como nas técnicas anteriores não nos fornece a expessura óssea disponível.

Tomografia lineares: tem como vantagem nos fornecer a espessura óssea disponível na região. Mas, devido a técnica linear pela qual é obtida, a mesma apresenta uma qualidade que muitas vezes não é a ideal, além de ser de difícil execução e interpretação.

Tomografia espirais: como o próprio nome nos sugere, esta técnica parte do príncipio espiral para a obtenção da imagem, por esse motivo, a mesma tem uma qualidade superior com menor sobreposição e borramento quando comparado as tomografias lineares e consequentemente é de fácil interpretação pelo C.D.

Ela é de fácil execução já que se planejamento é feito a partir da radiografia panorâmica do paciente e as regiões a serem radiografadas são determinadas por um programa no software do equipamento.

Tomografias computadorizadas: é indicada para grandes áreas desdentadas na maxila e mandíbula. Sua principal vantagem é não apresentar magnificação. Tem como desvantagens os artefatos causados por metais (como por exemplo: restaurações em amálgama ou guias), perda na avaliação da qualidade do trabeculado ósseo e o alto custo.

Quanto a radiação recebida pelo paciente, pesquisas científicas comprovam que o risco associado ao uso das técnicas radiográficas intrabucais, das panorâmicas , tomografias odontológicas e outros exames radiográficos é menor que o risco da radiação de fundo ambiental (radiação cósmica, radiação do solo, raios ultravioletas) a que estamos expostos querendo ou não. Além disso, hoje dispomos de tecnologia para minimizar os possíveis danos oriundos das radiações ionizantes na rotina odontológica. Podemos citar o uso de aventais de chumbo, filmes ultra-rápidos, aparelhos calibrados e processamento automático.

Fonte: http://www.dentistavirtual.com.br/espec_ver.asp?Codigo=29 acessado 21 de maio de 2010

Fonte figura radiografia periapical:< http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.radiocentercuritiba.com.br/img/servicos/interproximal.jpg&imgrefurl=http://www.radiocentercuritiba.com.br/servicos.php&usg=__QCj4SKQGdPLW1XE4O3dmJ596KJM=&h=302&w=330&sz=18&hl=pt-BR&start=3&sig2=oTziaaPjivOsfB4KbBdlNQ&itbs=1&tbnid=7so-IyAvkHRhsM:&tbnh=109&tbnw=119&prev=/images%3Fq%3Ddiagnosticos%2Bda%2Bradiografia%2Bbucal%26hl%3Dpt-BR%26gbv%3D2%26tbs%3Disch:1&ei=P1j3S7nkE4T6lwf7w-jmBg> acessado em 21 de maio de 2010

Fonte figura paranoramica: < http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.radiocentercuritiba.com.br/img/servicos/interproximal.jpg&imgrefurl=http://www.radiocentercuritiba.com.br/servicos.php&usg=__QCj4SKQGdPLW1XE4O3dmJ596KJM=&h=302&w=330&sz=18&hl=pt-BR&start=3&sig2=oTziaaPjivOsfB4KbBdlNQ&itbs=1&tbnid=7so-IyAvkHRhsM:&tbnh=109&tbnw=119&prev=/images%3Fq%3Ddiagnosticos%2Bda%2Bradiografia%2Bbucal%26hl%3Dpt-BR%26gbv%3D2%26tbs%3Disch:1&ei=P1j3S7nkE4T6lwf7w-jmBg > acessado em 21 de maio de 2010

Tatiane Lessa

Responsável pela coluna de Medicina Nuclear Currículo: -Tecnólogo em Radiologia pela Faculdade Santa Marcelina-FASM -Participações em eventos: - Congresso da Semana da Radiologia da Faculdade Santa Marcelina de 2005 á 2009. - Área de atuação: Medicina Nuclear

2 comentários em “Diagnósticos radiologia oral

  • 22/05/2010 em 01:35
    Permalink

    Caro leitor caso tenha alguma duvida ou sugestão comente

  • 22/05/2010 em 13:33
    Permalink

    Estava fazendo um trabalho de ortodontia e essa materia me ajudo muito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *