Por que estudar RADIOPROTEÇÃO ?

Proteçao radiologicaDuas perguntas que deveriam ser respondidas sem hesitação por qualquer indivíduo que trabalha com radiação ionizante: “ O que é a Radiação Ionizante? “ e “Como faço para trabalhar em segurança quando utilizo radiação ionizante? “  dificilmente recebem respostas claras quando feitas a trabalhadores da área.

Esta matéria, publicada pela Drª Claudia Braga, responderá estas questões e ainda abordará as áreas de atuação para os profissionais de nível técnico e superior e a visão de futuro para esta área.

O que é a Radiação Ionizante? “ e “Como faço para trabalhar em segurança quando utilizo radiação ionizante? “

Um profissional que não sabe responder a estas perguntas corre sérios riscos no exercício de suas atividades profissionais, e pode por em risco a segurança de outros indivíduos.

A radioproteção é uma área dedicada exclusivamente à proteção dos indivíduos contra possíveis efeitos indesejados provenientes da utilização de radiações ionizantes, seja na área médica ou industrial. A Comissão Internacional de Proteção Radiológica, (International Commission on Radiological Protection -ICRP), fundada em 1928, tem como objetivo principal fornecer um nível apropriado de proteção para o homem sem prejudicar os benefícios provenientes das práticas que utilizam radiação ionizante.

A Proteção Radiológica constitui disciplina básica na formação de técnicos, tecnólogos em radiologia que atuam em áreas como:

– tomografia;

– mamografia;

– densitometria óssea;

– radiologia convencional;

– medicina nuclear;

– radioterapia;

– radiofármacos;

– controle de qualidade em componentes industriais;

– segurança do trabalho;

– responsável por instalação aberta (RIA).

De forma similar à área técnica, do profissional de nível superior, que irá trabalhar com radiação ionizante: Engenheiros; Biomédicos; Físicos; Tecnólogos; Médicos, Enfermeiros, também se exige o conhecimento das normas de Radioproteção. Algumas áreas nas quais estes profissionais de nível superior poderão desempenhar suas funções são:

– Radiologia Médica e Odontológica;

– Medicina Nuclear e Radioterapia;

– Engenharia de Segurança do Trabalho;

– Supervisor de Radioproteção;

– Pesquisador.

A importância de se conhecer as normas e técnicas de radioproteção surge cada vez mais nos trabalhos científicos, como uma preocupação com os pacientes ou com os indivíduos ocupacionalmente expostos. Esses mesmos trabalhos científicos comprovam a existência de uma grande porcentagem de trabalhadores na área de radiologia médica e industrial que não utilizam, corretamente, técnicas de radioproteção no desenvolvimento de suas atividades profissionais.  Esse quadro se agrava quando se verifica que, tanto a área da indústria quanto a área médica investem cada vez mais em equipamentos emissores de radiação ionizante. Para um futuro próximo, se projeta uma grande procura por “bons” profissionais, tanto de nível médio quanto superior, aptos a utilizarem equipamentos emissores de radiação ionizante, dentro das normas de segurança.

O bom desempenho de um profissional que trabalha com radiações ionizantes depende de seu conhecimento na área de radioproteção. Uma das grandes diferenças entre os profissionais que se destacam no mercado de trabalho e aqueles que apenas “trabalham para sobreviver” é a capacidade de cumprir as suas tarefas de forma objetiva e segura. A segurança, na área de radiologia médica ou industrial se obtém pelo conhecimento da própria radiação ionizante.

O Instituto Brasileiro de Radiologia, atento às exigências do mercado de trabalho, oferece o curso de Radioproteção com o objetivo de preencher esta lacuna na formação de diversos profissionais que, mesmo já estando no mercado de trabalho, ainda têm dúvidas quando a estas questões.

A resposta a estas questões compreende o conhecimento:

Þ    da física das radiações ionizantes;

Þ    dos mecanismos de interação da radiação ionizante com a matéria e com a célula;

Þ    dos possíveis efeitos biológicos decorrentes da prática;

Þ    de aspectos práticos na utilização de blindagens;

Þ    de formas de proteção à exposição à radiação; e

Þ    da legislação aplicada à área.

Se você exerce atividades profissionais na área de radiações ionizantes e não sabe responder com clareza estas questões…. pense que talvez esteja na hora de fazer um curso de Radioproteção.

Drª Claudia Braga

– Doutora em Ciências pela Universidade Estadual de São Paulo.

– Supervisora de Radioproteção Credenciada pela CNEN em Medicina Nuclear e Medidores Nucleares.

– Bacharel em Física pela Universidade Estadual de Campinas.

5 comentários em “Por que estudar RADIOPROTEÇÃO ?

  • 04/10/2010 em 18:16
    Permalink

    Vou fazer este curso pelo Instituto Brasileiro de Radiologia, alguns amigos meus já fizeram o curso e falaram que foi ótimo, tiraram muitas duvidas e a que mais me interessei foi a respeito de como e qual qualificação que preciso para trabalhar nesta área, quem tiver interesse eu recomendo.
    Abraço para o pessoal do 5A

  • 22/02/2011 em 14:07
    Permalink

    Olá boa tarde,
    Estou cursando o último periodo do curso Tecnólogo em Radiologia e preciso urgentemente começar o meu TCC, gostaria de falar sobre Radioproteção que é muito importante na nossa área, no entanto tenho dúvidas principalmente em relação a material. Por favor me envi materiais sobre o assunto tb aceito sugestões para outros temas.
    Obrigada.

  • 03/05/2011 em 15:11
    Permalink

    Olá, gostei muito da postagem, sou técnica em radiologia, e curso o 7º periodo de farmácia-bioquímica. Sou professora de cursos técnicos em Imperatriz no Maranhão. Essa é uma das disciplinas que ministro, e gostaria de saber se há como fazer esse curso pela internet, e todas as informações sobre o mesmo. De já agradeço,
    Cris.

  • 28/07/2011 em 15:08
    Permalink

    Olá, sou professor de física e gostaria de fazer o curso de radioproteção. Quando terá uma nova turma?

  • 23/05/2013 em 23:43
    Permalink

    Eu adoraria receber um material para estudo do assunto RADIOPROTEÇÃO, para acrescentar ainda mais os meus cobhecimentos. Fico muito grato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *