Politraumatizado como proceder

Tire suas duvidas

e veja os procedimentos corretos.


Politraumatizado é um sinistrado que sofreu traumatismos múltiplos.

O que deve fazer:
– Se a vítima estiver consciente tentar acalmá-la.
– Mantê-la confortavelmente aquecida.
– Vigiar a respiração e o pulso.
– Fazer o primeiro socorro indicado para cada um dos traumatismos.
– Transportar a vítima urgentemente para o Hospital, escolhendo a posição de transporte mais aconselhável de acordo com as lesões que apresente.

O que não deve fazer:
Deslocar a vítima. Se houver absoluta necessidade de a remover do local deve proceder como o indicado para traumatismos de coluna.

1.Traumatismo Craneano
Deve-se suspeitar sempre de traumatismo craneano se a vítima apresentar um ou mais dos seguintes sinais e/ ou sintomas:

Sinais e Sintomas:
– Ferida do couro cabeludo ou hematoma.
– Perda de conhecimento.
– Diminuição da lucidez, sonolência.
– Vómitos.
– Perturbações do equilíbrio.
– Uma das pupilas mais dilatadas.
– Paralisia de qualquer parte do corpo
– Saída de sangue ou líquido céfalo-raquidiano pelo nariz, boca ou ouvidos.

O que deve fazer:
– Acalmar a vítima.
– Colocá-la sobre uma superfície dura, sem almofada, entre dois lençois enrolados.
– Mantê-la confortavelmente aquecida.

É uma situação grave que necessita transporte urgente para o Hospital.
2.Traumatismo na Face

O que deve fazer:
– Limpar cuidadosamente o nariz e os olhos da vítima para que não haja obstrução das vias respiratórias e da visão.
– Colocá-la em posição semi-sentada.
– Se há suspeita de fractura do maxilar, procurar imobolizá-lo.

Transportar imediatamente para o Hospital.

3.Traumatismo Torácico
Traumatismo grave por poder afectar a ventilação se houver perfuração do pulmão.
Nesse caso a vítima pode apresentar um ou mais dos seguintes sintomas:

Sinais e Sintomas:
– Dificuldade respiratória.
– Lábios e unhas roxas.
– Pulso fraco e rápido.
– Agitação
– Confusão e delírio

O que deve fazer:
– Acalmar a vítima.
– Colocá-la em posição semi-sentada e recostada sobre a zona atingida.
– Se existir ferimento, cobri-lo com compressas embebidas em vaselina para impedir a entrada de ar.

É uma situação grave que necessita de transporte urgente para o Hospital.

4.Traumatismo da Coluna Vertebral
Deve-se suspeitar sempre de lesão da coluna vertebral se a vítima após o traumatismo, apresenta um ou mais dos seguintes sintomas:

Sinais e Sintomas:
– Impossibilidade de fazer movimentos.
– Dor no local do traumatismo.
– Sensação de “formigueiro” nas extremidades (mãos/ pés).
– Insensibilidade de qualquer parte do corpo.

O que deve fazer:
– Com a ajuda de outras pessoas, colocar a vítima num plano horizontal respeitando o eixo do corpo.
– Fazer tracção da coluna vertebral esticando a vítima pelos pés e pela cabeça e mantê-la nesta posição até chegar a ambulância.

É uma situação grave que necessita de transporte urgente para o Hospital.

Atenção:
– Depois da ambulância chegar, levantar a vítima cuidadosamente mantendo a tracção.
– Depois de colocada na maca, transportá-la ao Hospital a uma velocidade moderada.

5.Traumatismo Abdominal
O traumatismo abdominal é uma lesão provocada por acção mecânica sobre o abdómen (queda ou pancada) capaz de causar fractura ou ruptura de vísceras.

Sinais e Sintomas:
Se houver fractura ou ruptura de vísceras os sinais e sintomas são idênticos aos referidos para as hemorragias internas:
– Dor local.
– Sede.
– Pulso progressivamente mais rápido e mais fraco.
Em casos ainda mais graves:
– Palidez.
– Suores frios.
– Arrefecimento, sobretudo nas extremidades.
– Zumbidos.
– Alterações de estado de consciência.

O que deve fazer:
– Acalmar a vítima e mantê-la acordada.
– Cobrir a ferida, se existir.
– Colocar a vítima e transportá-la para o Hospital em posição semi-sentada com as pernas flectidas.
– Mantê-la confortavelmente aquecida.

É uma situação grave que necessita de transporte urgente para o Hospital.

O que não deve fazer:
– Dar de beber ou comer.

Fonte: http://www.hsc.min-saude.pt/Emergencia/ComoActuar/politraumatizado.htm Acessado em 18/08/2011 as 15:26

Imagem: http://sarrieta.blogspot.es/Acessado em 18/08/2011 as 15:26

Imagem: http://medifoco.com.br/atendimento-inicial-ao-politraumatizado/ Acessado em 04/11/2016 as 11:50

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *