BRAQUITERAPIA

O que é Braquiterapia (BQT)?

Localização das fontes em BQT

img00

01 – Braquiterapia de Próstata – Intersticial

É o tratamento interno ou a curta distância através de fios ou pequenas sementes radioativas que são colocadas diretamente no corpo do paciente, na região a ser tratada ou diretamente no tumor.

Neste tipo de tratamento a fonte emissora de radiação encontra-se em contato ou próximo ao volume tumoral, os quais são reduzidos por conta da interação desta radiação com as células neoplásicas. No métodos de BQT é possível administrar altas doses no leito tumoral, através de um planejamento prévio feito de acordo com o volume tumoral.

Localização das fontes em BQT

img02

02 – Semente Radioativa

A localização das fontes radioativas para o tratamento em BQT pode variar, podendo ser intracavitária: onde a fonte radioativa é colocada em uma cavidade próxima à localização do tumor ex.; braquiterapia vaginal; intersticial: onde as fontes radioativas são colocadas diretamente no leito tumoral, ex.: braquiterapia de próstata e  a superficial: como o próprio nome sugere são fontes radioativas colocadas na superfície da pele, estas são incorporadas a um molde que é posicionado sobre a região de tratamento, ex.: braquiterapia de lesões na pele.

Classificação da BQT

img01-1

03 – Sistema Afterloading

A braquiterapia pode ser feita com implantes temporários, onde as fontes são localizadas dentro do tumor ou no leito tumoral por um certo intervalo de tempo, podendo ainda ser realizado com moldes, aplicadores intracavitários ou sistemas automatizados (afterloading). E também comimplantes permanentes que utilizam de fontes radioativas em forma de sementes inseridas no volume tumoral, nestes casos o radioisótopo utilizado deve possuir um tempo de meia-vida curta.

Fontes Radioativas

img03

04 – Simbolo da Radioatividade

Para que uma fonte radioativa possa ser considerada apropriada para o seu uso em braquiterapia a fonte radioativa  deve seguir alguns pré-requisitos, tais como a possuir uma energia apropriada ao tratamento para minimizar as necessidades de proteção radiológica, oferecendo dessa forma o máximo de eficiência ao tratamento com o mínimo de risco de exposição desnecessária à órgãos e tecidos sadios adjacentes, bem como aos profissionais que estiverem participando do tratamento, outro fator importante que deve ser observado é a meia-vida da fonte radioativa que deve ter um valor determinado para se evitar correções por decaimento durante o tratamento, ou seja, o valor dessa meia-vida deve ser condizente com o tempo de realização do tratamento prescrito, pois é viável que a fonte decai antes do tempo planejado para o tratamento. A fonte também deve possuir uma boa blindagem para evitar o escape de seus produtos de decaimento como é o caso do rádio 226 que libera como produto de decaimento o gás radônio. Esta fonte radioativa também necessita possuir uma atividade específica que irá definir sua utilização.

A partir do ano 2000, houveram grandes avanços na braquiterapia, por conta do expressivo progresso dos métodos de aquisição de imagens em três dimensões, melhorando consideravelmente o planejamento do tratamento.

Prof. Esp. Gustavo Pires 😉

Referências das Imagens:

 

01 Fonte – 07/10/2016 – http://brachiterapija.lt/gelbstinti-brachiterapija/brachiterapijos-eiga/

02 Fonte – 07/10/2016 – http://www.tabelaperiodica.org/sementes-de-radonio/
03 Fonte – 07/10/2016 – https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85131/tde-20072015-095035/pt-br.php
04 Fonte –  07/10/2016 – http://www.thedailypedia.com/2015/07/look-what-radiation-does-to-the-human-body/

5 comentários em “BRAQUITERAPIA

  • 25/09/2016 em 10:13
    Permalink

    Bom Dia!
    Adorei o e-mail. Obrigada!
    Você tem material científico falando sobre Cintilografia da Tireoide.
    Grata

  • 25/09/2016 em 16:27
    Permalink

    Muito interessante a nova forma ganham muita esperança as.pessoas.convivendo com tumores maligno um bem haja a ciência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *