Estudo por imagem com PET/CT combina informações anatômicas e dados funcionais

O método tem aplicações em Oncologia, Cardiologia e Neurologia.

A área de diagnóstico por imagem experimentou grande avanço tecnológico com a convergência, em um mesmo equipamento, entre as informações anatômicas geradas pela tomografia computadorizada (CT) e as imagens funcionais provenientes da tomografia por emissão de pósitrons (PET).

1Reconstrução 3D do coração por PET/CT evidencia necrose

Reconstrução 3D do coração por PET/CT evidencia necrose
ínfero-dorsal (setas brancas) com oclusão na circunflexa (setas amarelas

Útil para investigar massas tumorais e alterações da função cerebral e miocárdica, a PET/CT utiliza, como radiotraçador, a fluordeoxiglicose (FDG), uma substância inócua e estruturalmente muito semelhante à glicose, marcada com o composto radioativo flúor-18.

No Fleury, que é o primeiro centro, em São Paulo, a oferecer esse método em ambiente não hospitalar, um radiologista e um médico especializado em Medicina Nuclear elaboram o laudo de PET/CT, avaliando em conjunto as alterações anatômicas e funcionais encontradas nos pacientes, o que melhora a qualidade da interpretação do exame.

PET/CT de paciente com linfoma não Hodgkin: imagens no plano
coronal demonstram múltiplas linfonodomegalias que captam o
radiofármaco na região cervical, no tórax e no abdome.

Indicações da PET/CT

Na Oncologia
• Serve para a detecção e o estadiamento de diversos tipos de neoplasia, assim como para o controle pós-tratamento, para a investigação de recidiva e para a avaliação prognóstica da doença. Como permite estadiar muitos tumores de forma mais acurada, pode modificar a conduta clínica em até metade dos casos, dependendo do tipo de câncer. Tem ainda papel essencial no seguimento clínico, pois possibilita avaliar a resposta ao tratamento e contribui para estabelecer o prognóstico.

Na Cardiologia
• É considerado o método não invasivo de referência para a identificação de viabilidade do miocárdio. Pode também ser empregado na avaliação simultânea da perfusão miocárdica e da anatomia coronariana, assim como para o diagnóstico diferencial de dor torácica até 24 horas após o episódio, pelo mecanismo de memória isquêmica.

Na Neurologia
• Está indicado no estudo de síndromes demenciais e na investigação de epilepsia.

Fonte:<http://www.fleury.com.br/Medicos/SaudeEmDia/RevistaMedicinaESaude/pages/99estudoporimagemcompetctcombinainformacoesanatomicasedadosfuncionais.aspx> acessado em 8/4/2010

4 comentários em “Estudo por imagem com PET/CT combina informações anatômicas e dados funcionais

  • 08/04/2010 em 18:16
    Permalink

    Caro leitor caso tenha alguma duvida ou sugestão comente

  • 10/04/2010 em 01:23
    Permalink

    Otimo, usarei no meu TCC, continuem enviando materias a respeito.

  • 10/01/2011 em 17:15
    Permalink

    Adorei o material continuem ajudando aqueles interessados .

  • 03/10/2011 em 16:36
    Permalink

    Boa tarde,

    Gostaria de saber onde posso encontrar material disponível sobre protocolos de exames de PET CT, reconstrução de imagens, etc.

    Aguardo. Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *